4 de maio de 2011

VINGANCA

Nao quero ser apenas o remedio
pro seu sistema imunologico,
curar seu corpo, salvar sua vida!
Quero ser o veneno suave da vinganca,
da insatisfacao daquilo que me fez chorar...
Quero ser o sarcasmo vestido de branco,
flores secas nas maos,
perfume forte, marcante
adentrando seus pulmoes.
Quero ser a presenca unica, eterna,
a doenca infinita no seu pensamento,
a morte certa na sua partida,
o adeus concreto na sua despedida
a visao infinita do amor.
Um ponto final na escuridao,
que jamais se apaga da memoria,
a confianca de que
tudo ficou pra tras.

2 comentários:

Zucco Bifulco disse...

Gostei muito.

Continue escrevendo.

Zucco Bifulco

Vagner Figueiredo disse...

Vingança é zero!